Estudo procura voluntários com depressão

Pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP precisam de voluntários para estudar o efeito do canabidiol, substância extraída da maconha, em pacientes com Transtorno Depressivo Maior.

Para participar, os interessados devem apresentar depressão, ter de 20 e 60 anos de idade e índice de massa corporal entre 18 e 30 kg/m² (dividir o peso pelo quadrado da altura). Não devem estar usando medicamentos, como antidepressivos ou calmantes, por duas semanas. Não podem usar drogas ilegais; ser fumantes; estar grávida; e usar aparelhos dentais fixos ou implantes de metais no corpo.

Os selecionados passarão por entrevistas e dois dias de testes, realizados aos domingo de manhã, com duração de quatro horas cada. Além da administração do medicamento, o participante passará por exame de urina, avaliação psicológica, tarefa de reconhecimento de expressões faciais de emoções, ressonância magnética e coleta de sangue. O voluntário será ressarcido com R$50,00 em cada dia de teste.       

O estudo é de responsabilidade da pesquisadora Luana Gonçalves Zamarrenho do Programa de Saúde Mental da FMRP. Ela trabalha sob do professor José Alexandre de Souza Crippa na pesquisa Efeitos agudos centrais do canabidiol por meio de neuroimagem funcional e sobre o reconhecimento de emoções faciais em pacientes com transtorno depressivo maior

As inscrições devem ser feitas pelo e-mail: luanagz.bio@gmail.com . Em dias úteis, das 8 às 17 h, a pesquisadora tira dúvidas pelo telefone (16) 994353434.

Por Giovanna Grepi

Foto: Visualhunt.com   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *