Novembro é mês da Campanha Nacional de Alerta ao zumbido

Este é o mês de Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido, o Novembro Laranja, que alerta a população sobre as causas e formas de tratamento do zumbido e também como a comunidade médica pode oferecer opções de tratamento e cura para os pacientes.

O evento está na décima segunda edição e foi idealizado pela professora Tanit Ganz Sanchez da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e fundadora do Instituto Ganz Sanchez, primeiro centro brasileiro especializado no tratamento de Zumbido, Misofonia e Hiperacusia.  

Entre os objetivos da campanha está a conscientização da população sobre o aumento dos problemas do ouvido em pessoas de todas as idades, particularmente o Zumbido; e  divulgação sobre o tratamento precoce do Zumbido e da Misofonia que pode fazer a diferença na recuperação da qualidade de vida.

As ações acontecem durante todo do mês com postagens na internet de vídeos com dicas práticas e podem ser acompanhadas aqui. E também conta com cursos como o Zumbido e Intolerância a Sons no dia 18 de novembro no Rio de Janeiro, e Teórico-prático Intensivo de Zumbido no dia 25 de novembro em Divinópolis, Minas Gerais.

Zumbido atinge 40 milhões de brasileiros

O zumbido pode se manifestar com sons como apito, chiado, cigarra, grilo, abelha, cachoeira, motor, sirene e panela de pressão e atinge cerca de 40 milhões de brasileiros, segundo especialistas. O sintoma, na maioria dos casos, está relacionado com a perda da via auditiva ou por doenças que influenciam secundariamente o ouvido. Este ano, a campanha também aborda a misofonia que é um tipo crescente de intolerância a sons baixos e repetitivos do dia a dia.

Por: Giovanna Grepi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *