Farmácia tem primeira dupla titulação em Toxicologia

Tese avalia o suor como matriz para controle de doping. Se aprovada, titulação da aluna será pela USP e pela Universidade Tecnológica de Sidney, na Austrália.

Nesta terça-feira, 20 de fevereiro, às 9 horas, o programa de pós-graduação em Toxicologia da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP tem sua primeira defesa com dupla titulação.

A candidata é a doutoranda Dayanne Cristiane Mozaner Bordin que, se aprovada, terá o diploma da USP e da University of Technology Sydney (UTS), da Austrália. A aluna desenvolveu a pesquisa sob a orientação do professor Bruno Spinosa de Martinis do Departamento de Química da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP e credenciado na pós-graduação da FCFRP. Na Austrália a supervisão foi do professor Lucas Blanes e co-supervisão de Claude Roux.

Na tese Dayanne aborda o “Suor como matriz alternativa no controle do doping”. No Brasil foi feita a análise de drogas estimulantes proibidas no esporte em amostras de urina e suor, sendo viável para o uso de testes de doping. Já na Austrália foram desenvolvidas metodologias analíticas de última geração para suporte ao controle do doping e análise de drogas em amostras biológicas.

A defesa é aberta ao público e será no Salão Nobre da FCFRP, que fica na Avenida do Café, s/n, Campus USP Ribeirão.

Mais informações no 3315-0471.

Por: Vitória Junqueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *