Pesquisa recruta voluntárias para testar novo cosmético

Pesquisadores da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP precisam de mulheres com idade entre 39 a 55 anos, saudáveis ou portadoras de diabetes mellitus tipo 2, para estudo clínico de cosmetologia. O objetivo é avaliar a eficácia de uma fórmula cosmética com ativos de origem natural para prevenir a degradação do colágeno e melhorar a aparência da pele.

As interessadas não podem ser fumantes ou estarem grávidas e vão passar por entrevista e avaliação de estilo de vida. Para as voluntárias que possuem diabetes é necessário exames recentes de hemoglobina glicada com valores entre 6,5 e 7%. Precisam ter o diagnóstico da doença há, no mínimo, 5 anos, com acompanhamento médico. Não devem ser insulino-dependentes.  

Será um estudo de três meses com três avaliações pontuais: inicial, após 45 dias e 90 dias de uso do produto diariamente. Serão realizadas medidas na região do rosto com aparelhos específicos de biofísica e análise de imagem da pele. Nenhuma delas é invasiva. Os testes, com duração média de 2 horas, acontecem em laboratórios da Faculdade de Farmácia.

Durante a pesquisa, o creme antiglicante e uma formulação de protetor solar serão fornecidos para as participantes. A responsável é Verônica Rego de Moraes, do Setor de Cosmetologia da FCFRP, que trabalha sob orientação da professora Patrícia Maia Campos.

As voluntárias podem entrar em contato pelo telefone (16) 3315-4307, de segunda à sexta-feira, das 9 às 17h, ou pelo e-mail: veronica.rego7@usp.br.

Por: Maju Petroni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *