Incubadora Cultural da USP será apresentada em Festa Literária Internacional de Paraty

Camilo André Mércio Xavier, professor aposentado do Departamento de Biomecânica, Medicina e Reabilitação do Aparelho Locomotor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP está entre os convidados da Décima Sétima Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que acontece de 10 a 14 de julho.

O alvo do convite da Flip é o projeto de extensão universitária criado e desenvolvido pelo professor Xavier em Ribeirão Preto desde 2013, a “Incubadora Cultural”. Através dele, o professor estabeleceu parceria com a Escola Estadual de Ensino Médio Otoniel Mota de Ribeirão Preto e vem fomentando a importância da leitura e escrita entre os jovens de escola pública e estimulando novos talentos na produção de bens culturais.

No dia 10 de julho, às 16 horas, o professor da USP fala sobre a Incubadora Cultural em palestra no Espaço Editora Helvetia e, nos dias seguintes, realiza sessões de autógrafos do livro recentemente lançado juntamente com o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Alfabetização, Leitura e Letramento (GEPALLE): “Incubadora Cultural: A FMRP e o GEPALLE USP abraçam as Escolas da Rede Pública”, organizado em colaboração com Filomena Elaine Assolini, professora da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, e Heloisa Martins Alves.

Sobre a Flip

A Festa Literária Internacional de Paraty surgiu em 2003, com o intuito de promover o debate de ideias e um ponto de encontro de toda a diversidade. Cada edição presta homenagem a um autor brasileiro e reúne escritores, de diferentes origens e perspectivas, para se encontrar com o público em Paraty, no Rio de Janeiro. 

Ocupando os espaços públicos com cultura, o encontro traz uma concepção arquitetônica, urbanística e artística pensada especialmente para cada ano. A Flip possibilita que os visitantes e moradores tenham a experiência de habitar um território ativado pela arte. O evento é tradição na cidade contribuindo com a integração do tecido social da comunidade, que já é tido como um espaço permanente.

Será na Rua Lapa, 375, Centro Histórico de Paraty.

Por: Maju Petroni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *