Estudantes da USP participam de expedição ao Piauí

Equipe da FFCLRP

Equipe da FMRP

Ação do Projeto Rondon coloca universitários em contato com a realidade de comunidades carentes do País 

Equipes do Campus da USP em Ribeirão Preto partiram na tarde de ontem, 11 de julho, em expedição ao estado do Piauí. Os universitários e professores participam da Operação João de Barro, mais uma edição do Projeto Rondon que acontece até dia 18 de julho em cerca de doze cidades do sul do estado.

A equipe liderada pelas professoras Maria Paula Panúncio Pinto e Maria Cristiane Barbosa Galvão, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), leva estudantes de fisioterapia, terapia ocupacional, enfermagem, pedagogia e direito para a cidade de Francisco Ayres. Todos “muito animados e trabalhando muito desde março deste ano para se preparar e levar o melhor” às comunidades que visitarão, segundo a professora Maria Paula. Eles atuarão junto à população no desenvolvimento de temas como: cultura, direitos humanos e justiça, educação, saúde, comunicação, tecnologia e produção, meio-ambiente e trabalho. 

Já o time coordenado pelo professor Sérgio Emanuel Galembeck, do Departamento de Química da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), realiza ações em Várzea Grande, destacando temas como: prostituição infantil, bullying, permanência nas escolas, criatividade e geração de renda, além de rodas de leituras, oficinas de libras e de artesanato com barbante. 

O Projeto Rondon é uma ação do Ministério da Defesa em parceria com os Governos Estadual e Municipal e as IES , em parceria com as IES reconhecidas pelo Ministério da Educação. Trata-se de iniciativa para promover o desenvolvimento local sustentável e a promoção da cidadania nos locais visitados, ao mesmo tempo que contribui para a formação e responsabilidade social do universitário, desenvolvendo espírito de defesa dos interesses nacionais através do conhecimento da realidade brasileira.

Por: Tainá Lourenço e Maju Petroni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *